Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

Estudantes participam de intercâmbio em áreas do Projeto Dom Helder

Detalhes

 

agricultor José Holanda explicando o manejo da caatingaagricultor José Holanda explicando o manejo da caatingaCinquenta alunos do Projeto de Formação e Qualificação de Jovens em Agricultura, da Escola Agrícola de Jundaí (EAJ/UFRN), visitaram, nos dias 07 e 08 de dezembro, experiências exitosas da agricultura familiar em comunidades e assentamentos assessorados pelo Projeto Dom Helder Camara (PDHC) no Rio Grande do Norte. O PDHC, juntamente com a FETARN, apoia desde 2005 a formação de filhos(as) de agricultores(as) familiares na EAJ. Essa parceria já formou em técnico agrícola mais de 600 jovens de todo o estado.


Estudantes observam produção de biofertilizanteEstudantes observam produção de biofertilizanteNo dia 07, pela manhã, os alunos conheceram a experiência do Bioágua Familiar, na comunidade São Geraldo, em Olho D’água do Borge, onde puderam conversar com a família do agricultor Wlisses Dantas dos Santos. No período da tarde, o grupo foi para a comunidade Galho do Angico, em Caraúbas, na qual visitaram projetos de hortas agroecológicas (compostagem, biofertilizante, viveiro de mudas, minhocário, capineira, canteiros e pomar), a casa de mel local, a sede da associação das famílias agricultoras e um projeto de destinação correta dos resíduos sólidos. Ambas as comunidades contam com a assessoria técnica do Projeto Dom Helder através da ONG ATOS.


Agricultor Ebilênio apresentando o funcionamento da casa de melAgricultor Ebilênio apresentando o funcionamento da casa de mel“Todos estão de parabéns, sou filha de agricultores e sei o quanto é difícil desenvolver projetos no semiárido sem acompanhamento técnico, e vocês aqui estão sendo muito bem assessorados, isso faz toda diferença. É muito bom saber que existem projetos como estes sendo desenvolvidos em nosso estado, gostaria de poder realizar meu estágio em uma comunidade como Galho do Angico, e é claro, queria saber como faço para levar o PDHC para minha comunidade!” declarou Aline, estudante da Escola Agrícola de Jundaí.

 

Na sede da associação do Galho do Angico, os estudantes conversaram com a diretoria da associação, que apresentou a história da comunidade, as parcerias firmadas e todas as ações desenvolvidas e conquistadas nos últimos 06 anos. O grupo aproveitou para esclarecer dúvidas com a supervisão local do PDHC sobre o processo de assessoria técnica. No dia 08 de dezembro, a visita foi no Assentamento Moaci Lucena, onde o grupo de alunos/as conheceram as experiências de manejo da sustentável da caatinga e beneficiamento de frutas. O assentamento recebe assessoria técnica do PDHC através da parceira Coopervida.


Visita ao manejo da caatinga em Moaci lucenaVisita ao manejo da caatinga em Moaci lucena“As principais conquistas do Projeto de Assentamento Moaci Lucena foram a conquista da Terra e a chegada do Projeto Dom Helder Camara, que através da execução de um planejamento das famílias com o apoio da parceira de assistência técnica, nos levou a ter uma produção diversificada em consórcios agroecológicos, sem uso de agrotóxicos e com respeito ao solo e ao meio ambiente. Juntamente com os quintais produtivos, apicultura, fruticultura e a criação de animais, nós temos uma alimentação saudável e diversificada, além de uma melhoria na renda”, afirma o agricultor José Holanda de Morais.

 

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara