Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

10 anos de Arca das Letras é comemorado no Sertão do Pajeú

Detalhes

 

Participantes das comemorações em São José do EgitoParticipantes das comemorações em São José do EgitoAs comunidades de Leitão/Umbuzeiro de Afogados da Ingazeira e Retiro de São José do Egito, em Pernambuco, foram as primeiras comunidades rurais no Brasil a receber a Arca das Letras, em 2003. O programa, durante uma década de existência, levou conhecimento e cultura por meio de um diversificado acervo de livros para milhares de comunidades rurais de todo o território nacional. Em dezembro de 2013, as comunidades comemoraram a existência do programa com diversas atividades.


Participantes dos festejos em Leitão da Carapuça/UmbuzeiroParticipantes dos festejos em Leitão da Carapuça/UmbuzeiroDesde sua criação, o Arca das letras já atingiu a meta de 10 mil arcas instaladas, com mais de 17 mil agentes de leitura no país inteiro. Cada biblioteca rural possui um acervo bastante diversificado com 230 volumes que inclui literatura infantil, infanto-juvenil, livros paradidáticos, didáticos, revistas, culinária, livros técnicos de diversas áreas do conhecimento. O Projeto Dom Helder Camara / SDT/MDA é um importante parceiro da Arca das Letras, atuando fortemente no Programa nos oito territórios do Semiárido em que atua.


Professora Irany Siqueira, 1ª agente de leitura da Arca das Letras  Professora Irany Siqueira, 1ª agente de leitura da Arca das Letras Para comemorar os 10 anos, em São José do Egito representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário visitaram a comunidade Retiro, umas das primeiras beneficiárias do Programa. Em seguida, foi realizada uma solenidade no centro de inclusão digital com a participação de agentes de leitura dos municípios de São José do Egito, Tuparetama, Santa Terezinha, Brejinho e Itapetim. Na oportunidade, foi prestada uma homenagem à professora Irany Siqueira Leite, da comunidade Retiro, primeira agente de leitura do Programa em todo o Brasil juntamente com Sebastião José da Silva do Leitão, de Afogados da Ingazeira.


Peça teatral dos alunos da Escola Municipal Levino Cândido de CarapuçaPeça teatral dos alunos da Escola Municipal Levino Cândido de Carapuça

 

Em Afogados da Ingazeira, as comemorações tiveram início na comunidade remanescente de quilombola de Leitão da Carapuça/Umbuzeiro, onde foram realizadas atividades de contação de histórias para as crianças e adultos presentes, apresentação da dança do côco de roda e entrega do MDA de novo acerco para a ARCA. 



Prefeito José Patriota, Raquel Santori do MDA e Augusto Martins, Presidente da Camara MunicipalPrefeito José Patriota, Raquel Santori do MDA e Augusto Martins, Presidente da Camara MunicipalEncerrando as atividades de comemoração dos 10 anos da Arca das Letras no munícipio, foi realizada uma sessão solene na Câmara Municipal de Vereadores, presidida pelo vereador Augusto Martins, presidente da Casa Legislativa. Participaram do evento o José Patriota, prefeito municipal; Raquel Santori, chefe de gabinete do Secretário Nacional de Reordenamento Agrário do MDA; Geraldo Firmino, gerente financeiro do Projeto Dom Helder; Lucio Luiz de Almeida, promotor de justiça; vereadores e representantes de diversas instituições públicas e organizações da sociedade civil. 

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara