Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

Delmiro Gouveia, Olho D’Água do Casado, Piranhas, Água Branca Canapi, Inhapi, Mata Grande e Pariconha, recebe a chegada de Projeto Federal de combate à pobreza

Detalhes

Na manhã da última terça-feira, 12, representantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Alagoas (Fetag-AL) se reuniram na região do Alto do Sertão alagoano junto a representantes de agricultores familiares da região para a dialogarem sobre a implantação do Projeto Dom Helder Câmara.

Imagem do centro de Delmiro Gouveia/ arquivo Adalberto GomesImagem do centro de Delmiro Gouveia/ arquivo Adalberto Gomes

 

O Projeto Dom Helder é uma ação do Governo Federal, que existe há 10 anos e que visa o combate à pobreza e apoio ao desenvolvimento rural sustentável, que tem por base a produção agroecologia. O Projeto já estava presente em outros estados do Nordeste e agora começou a traçar ações em Alagoas.

 

O território que será contemplado pelas ações do Dom Helder Câmara (DHC) será a própria região do Alto do Sertão, que abrange oito municípios. Entre eles Canapi, Inhapi, Mata Grande, Água Branca, Pariconha, Delmiro Gouveia, Olho D’Água do Casado e Piranhas.

 

O Projeto pretende trabalhar com agricultores familiares, indígenas, assentados, quilombolas e tem como pretensão chegar ao público das camadas mais pobres da região atendida.

 

Segundo Ana Cristina Accioly, Coordenadora Territorial do Projeto em Alagoas, a equipe terá atenção mais especial às mulheres e jovens que fazem parte do público alvo do DHC e destaca a equipe que fará parte da implantação do Projeto em região. “O Projeto Dom Helder Câmara é referência em políticas públicas e para o Alto do Sertão serão contratadas assessoria técnica e mobilizadores sociais, que farão o papel de mobilizadores de comunidade”, explica.

 

Além do diálogo sobre a chegada do Projeto na região alagoana, os 100 representantes presentes organizaram uma pré-seleção de famílias que serão contempladas com as ações em vista. Foi estabelecida a escolha de mil famílias, que farão parte da ação, após um processo de avaliação completa de um mês e a programação será desenvolvida pelo colegiado territorial, com plena participação coletiva.

 

A ocasião rendeu ainda a presença de Genivaldo Oliveira, Presidente da Fetag-AL; Ana Cristina Accioly, Coordenadora Territorial do Projeto em Alagoas. Além Espedito Rufino, Coordenador Geral do DHC e Ricardo Menezes Blackburn, Coordenador Técnico do DHC. 

 

Por Blog Adalberto Gomes Notícias com Assessoria Bccom

 

Fonte: http://adalbertogomesnoticias.blogspot.com.br/2016/04/delmiro-gouveia-olho-dagua-do-casado.html?spref=fb

 

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara