Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

Anater inicia ações do Projeto Dom Helder Câmara em Minas Gerais

Detalhes

Ascom SeadAscom Sead

 

A Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) inicia, nesta semana, as ações do Projeto Dom Helder Câmara em Minas Gerais. Realizado em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG), o projeto começa com a qualificação dos extensionistas Qque irão executar as atividades previstas no plano de trabalho. Os cursos serão realizados em Montes Claros e Diamantina, no período de 7 a 11 de maio.

Realizado pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e seus parceiros, entre eles, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), que deu origem ao projeto, em sua essência, o D. Helder Câmara é um programa de ações referenciais de combate à pobreza e apoio ao desenvolvimento rural sustentável no Semiárido, embasado no conceito de convivência, e articulado às dimensões sócio-políticas, ambientais, culturais, econômicas e tecnológicas, e por processos participativos de planejamento, gestão e controle social. A Anater é parceira da Sead para execução das ações de assistência técnica e extensão rural (Ater) previstas no projeto.

Nas ações realizadas em parceria com a Emater-MG, o projeto vai beneficiar 1.795 famílias de agricultores de 58 municípios, com investimento de cerca de R$ 6 milhões. A Anater também está com chamada pública aberta para seleção de entidades executoras de Ater, para prestar assistência a 4.565 famílias de 82 municípios, com investimento de cerca de R$ 12 milhões, totalizando 6.630 famílias em 140 municípios mineiros, em sua maioria, na região de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), com investimento total de R$ 18 milhões.

O projeto prevê que até abril de 2020, as famílias beneficiadas receberão ampla assistência e até consultoria, com temas como elaboração de projetos técnicos, como se preparar para o mercado, disponibilidade de linhas de crédito, entre outros.

O presidente da Anater, Valmisoney Moreira Jardim, destaca que a Anater tem uma nova proposta de assistência ao produtor, integrada às políticas públicas voltadas para o setor, com diagnóstico, monitoramento e avaliação de resultados. “Chamamos essa proposta de Nova Ater, que tem um viés no desenvolvimento comunitário sustentável, visando gerar conhecimento dentro da própria comunidade. Éuma forma de assistência que possibilita levar para o campo uma nova estrutura, elevando a abrangência e a qualidade da assistência a ser ofertada aos agricultores e suas organizações econômicas”, ressalta o presidente.

O curso realizado nesta semana tem como objetivo preparar os técnicos da Emater para atuar no projeto, de acordo com a proposta da Anater.

Além de Minas Gerais, o projeto D. Helder Câmara está sendo realizado nos estados do Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Espírito Santo, beneficiando 60 mil famílias de agricultores.
Minas Gerais também integra o Projeto Piloto da Anater, que está beneficiando 2000 agricultores familiares, com investimento de R$ 6.119.122,00, cujas ações também serão realizadas até 2020.

 

Jerúsia Arruda

Assessoria de Comunicação Social

Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural

(61) 2020-0905 / 99241-3607

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara