Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

Governo é elogiado por ações na área da agricultura

Detalhes

Natal - O vice-presidente do Fundo Internacional para o Desenvolvimento da Agricultura (FIDA), Kevin Cleaver, disse que o Estado do Rio Grande do Norte é o parceiro que melhor tem contribuído nas ações do organismo no Brasil. Cleaver está em Natal, à frente de uma missão composta por 14 representantes do Fundo, que é um organismo das Nações Unidas.


Segundo ele, a partir do próximo ano, novas ações deverão ser implementadas, a partir de duas reuniões que estão marcadas para a primeira semana de janeiro e na terceira semana de fevereiro, quando serão apresentados novos projetos a serem financiados pelo organismo internacional, em parceria com o Projeto Dom Hélder Câmara e com a participação efetiva do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca.


Em função disso é que, numa conversa reservada entre o gerente de Programas da Divisão da América Latina e Caribe, Paolo Silveri, e o gerente de Operações, Ivan Cossio, com a secretária estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca, Larissa Rosado, Kevin Cleaver determinou que esses encontros acontecessem aqui no Estado e sob a coordenação de Larissa Rosado.


Larissa Rosado fez questão de frisar que a determinação da governadora
Wilma de Faria é no sentido de que a agricultura familiar tenha a devida atenção da Sape, no sentido de buscar a melhoria da qualidade de vida, agregando valor e renda ao trabalho dessas famílias. Larissa Rosado entregou ao vice-presidente do Fida, Kevin Cleaver, uma carta consulta contendo cinco itens que foram considerados importantes para que essa melhoria de vida das comunidades seja levada a efeito.


De acordo com Larissa Rosado, é preciso que haja ações voltadas para a recuperação das matas ciliares dos rios, a continuidade do trabalho que vem sendo feito na caprinovinocultura, a melhoria das habitações rurais,
a expansão da agroecologia entre ações, com um custo total da ordem de 40 milhões de reais.

 

Fonte: Gazeta do Oeste

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara